Prefeitura Ilha Solteira - Banco de Notícias (Jan 2010 | Out 2016)

Voltar

3ª FLIS celebra a literatura e valoriza a Biblioteca Municipal

Valorizar a Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand como um espaço de lazer e fruição cultural. Este foi o objetivo da 3ª edição da Festa Literária de Ilha Solteira, a FLIS, que aconteceu na última semana. E o objetivo foi cumprido com louvor. Durante os quatro dias de realização do evento, mais de 600 pessoas passaram pela Biblioteca para prestigiar a programação, que contou com contação de histórias, saraus, apresentações de dança, música e teatro, debates e mesas redondas.
A FLIS mobilizou escolas e grupos artísticos de Ilha Solteira. As escolas do município enviaram representantes para compor a mesa redonda “Experiências Literárias nas Escolas”, que promoveu um compartilhamento de ideias e ações de incentivo à leitura entre professores. Alunos da Emef ABBS e EEPG Arno Hausser foram os protagonistas das apresentações de Arte na Escola e do Sarau Memória.com. E estudantes das escolas Urubupungá e Lea Silva Moraes compuseram a plateia de diversos espetáculos, além de frequentadores da Apae e do Centro Dia.
A FLIS contou também com a participação de diversos artistas da cidade. Os atores Paulo Jordão e Melissa Nascimento trouxeram seus alunos do Curso de Teatro Seis para a apresentação da Mostra de Cenas Curtas, além de se apresentarem com a contação “O Menino que Virou História” e a cena “Folhetim”, mostrada durante o Sarau do Clube de Leitura, que também contou com apresentação do grupo de dança Darci Dance. O grupo de rap U'z Mlk's fez um jogo de rimas e a Cia de Teatro Desde Amanhã também se apresentou, com a leitura dramática da peça “O Santo e a Porca”, de Ariano Suassuna. O especialista em games Evandro Leroes contou as últimas novidades do universo eletrônico, enquanto o escritor André Santana lançou seu livro “Tele-Visão: A Televisão Brasileira em 10 Anos”. A FLIS promoveu ainda uma mesa redonda com o coletivo de gênero e sexualidade Vaca Profana, que discutiu “Literatura e Diversidade”, e contou com a honrosa participação de Tavinho Limma, que foi homenageado por amigos no Sarau Rede de Afeto.
Ao longo do evento, a Biblioteca foi decorada com pinturas e desenhos de artistas como Jennifer Brandão, Paraná e Ariane Daruichi. Também contou com a Feirinha de Livros da FLIS, com exposição e venda de livros de escritores da cidade.
A 3ª FLIS foi concebida e realizada pela Associação Celeiro Cultural e Associação Amigos da Biblioteca, em parceria com amigos e parceiros voluntários da FLIS.

Publicado em: 2016-09-20 07:00:58