A Prefeitura de Ilha Solteira enviou Projeto de Lei de abertura de crédito adicional suplementar para o exercício de 2018, no valor de R$ 708.544,23 (setecentos e oito mil, quinhentos e quarenta e quatro reais e vinte três centavos) de acordo com o artigo 41 inciso I da Lei Federal nº. 4.320/64, para despesas do Departamento de Água e Esgoto, através do oficio nº 052/2018 de 09 de abril de 2018.

 

O pedido de suplementação orçamentária por meio do Projeto de Lei visa dar andamento a aquisição do equipamento de hidrojateamento, que servirá para desobstrução das redes coletoras e emissários de esgoto e em alguns casos poderá ser utilizado até para limpeza de redes de drenagem pluvial do Município.

Depois de ter sido realizado o processo de licitação no qual a empresa que fabricará o equipamento está aguardando a ordem de serviço para início da mongem e entrega do equipamento ao DAE, hoje o Município não possui nenhum tipo de equipamento de desobstrução de rede de esgoto, ficando todo serviço executado por empresa terceirizada.

 

A terceirização das leituras com impressão simultânea das faturas de água e esgoto em todo Município será feita com a suplementação solicitada, que dará ao DAE modernidade ao sistema de informatização, melhor atendimento aos munícipes com menor tempo de processamento das faturas emitidas mensalmente pelo Departamento evitando muitos processos burocráticos atuais.

Os recursos também servirão para contratação de empresa especializada para reparos em 2 (duas) residências, depois que a rede de abastecimento público se rompeu danificando as residências. Para que os serviços sejam executados o Setor de Engenharia da Prefeitura Municipal fez o levantamento detalhado de todos os serviços que serão executados pela empresa que será contratada através de um processo de licitação.

 

Diante das necessidades apresentadas, o Prefeito espera que a Câmara Municipal tenha a sensibilidade para que seja colocada em pauta o pedido de Suplementação para aprovação o mais rápido possível, para que os investimentos necessários ao Saneamento do Município sejam atendidos e principalmente a população possa receber os benefícios do Projeto, já que o ofício endereçado a Câmara já tem mais de um mês.

 

Divisão de Comunicação