ILHA SOLTEIRA SEDIARÁ EVENTO DE GUARDAS MUNICIPAIS FEMININAS DO ESTADO DE SÃO PAULO


O “III Encontro das Guardas Municipais Femininas do Estado de São Paulo – GFEMs-SP” acontecerá em Ilha Solteira, dia 02 de dezembro, na Casa da Cultura. A Comissão GFEMs-SP, idealizada pela GM Juliana Lacerda Ferreira, em 2018, , tem em sua estrutura organizacional nove Guardas Municipais Femininas de diferentes cidades do Estado de São Paulo (São Paulo, Guarulhos, Itapevi, Barueri e Embu das Artes), que se reúnem constantemente.


A história do GFEMs teve início na cidade de Paranaguá-PR, em 2017, na primeira mesa feminina de debate, após 22 anos de “Congresso Nacional de Guardas Municipais”, que teve como tema: “A importância da mulher na segurança pública e as Patrulhas Maria da Penha das Guardas Municipais”, que contou com a participação da GM Juliana (Ilha Solteira-SP), GCM Inez Basso (Curitiba-PR), GCM Isabel Cristina (Juazeiro-BA), GCM Taiany Ribeiro (Lagoa da Confusão-TO), GCM Elaine Cristina (Araçatuba-SP), GCM Insp. Tatiana (Rio de Janeiro-RJ), algo que impactou não apenas as mulheres presentes, mas todos os participantes. No ano de 2018, a companheira de farda: GCM Isabel Cristina, da cidade de Juazeiro, na Bahia, juntamente com as GFEMs Núbia Maria (Jequié) e Ângela Porto (Feira de Santana), com muita coragem se atreveram a unir as GFEMS de seu estado, sem dinheiro, sem patrocínio e com todas as dificuldades para liberação e transporte que suas colegas tiveram a iniciativa de realizarem o “I Encontro de Guardas Municipais do Estado da Bahia”.


Assim, serviram de inspiração em mais de quinze estados da Federação: Bahia, Alagoas, Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Ceará, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Maranhão, Sergipe, Paraíba, Piauí, São Paulo. Trata-se de um evento que versa sobre assuntos de relevância às Guardas Municipais Femininas de todos os estados, tais como: violência contra a mulher, assédio sexual e moral, empoderamento feminino, fortalecimento emocional, desenvolvimento profissional, Patrulha Maria da Penha, saúde da mulher, capacidades de liderança e tomada de decisões. São temas importantíssimos para que possam garantir o fortalecimento e a troca de experiências entre as Guardas Femininas. Tem a finalidade de ser a ferramenta norteadora para aplicação de políticas públicas dentro da segurança pública municipal para as mulheres dentro das Guardas Municipais, respeitando as individualidades, capacidades, competências, habilidades e formação.


No estado de São Paulo, os encontros são realizados entre os “21 Dias de Ativismo – Pelo Fim da Violência Contra a Mulher”, que se passa entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro, em que se realizam debates e eventos por todo o mundo para prevenção e combate das violências contra a mulher.


Cabe citar que no primeiro evento, na cidade de Embu das Artes, recebeu um público de 420 mulheres, em 2018. No segundo encontro, em 2019, na cidade de Santana de Parnaíba, 550 GFEMs participaram. Com representantes de mais de 70 localidades do estado e do Brasil. O Secretário Municipal de Segurança e Trânsito, Renato Augusto Alves, desde o início tem apoiado a causa, tanto na liberação das Guardas para a participação nos eventos, quanto nos esforços junto ao Prefeito Municipal Otávio Gomes e a Primeira Dama Karla Benicá, para a realização do evento em Ilha Solteira. Um evento que está sendo realizado por muitas mãos por uma causa coletiva tão importante.


Sediar o ‘III Encontro GFEMs-SP’ é uma honra e nos deixa orgulhosos de termos gestores que apoiam nossas propostas. Será um marco na história da Guarda Municipal de Ilha Solteira!”, afirmou a GM Juliana, Chefe do Setor de Trânsito e Participante da Comissão GFEMs-SP.


Fonte: Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito, Transporte e Defesa Civil – Novembro/2022


Depto de Comunicação

Prefeitura de Ilha Solteira